novembro 27, 2009

Poema à Creche

Mas afinal na Creche
Não há nada para saber?!
Assim até parece

Que não ajuda a crescer…

A verdade é que na Creche
O que é mais importante
Nem sempre aparece
Para se ver em grande.

Conversar, partilhar, desculpar
Trocar mimos e ternuras
Com autonomia, bons hábitos criar
São as mais importantes aventuras!

(autor desconhecido; poema lido no contexto de uma aula da professora Joana Chélinho)

Sem comentários:

Enviar um comentário